milliarden betrug mit falscher kryptowährungen wann steigen kryptowährungen windows kryptowährung widget welche kryptowährung für den kauf von iota nutzen investieren in kryptowährungen giesen georg könig kryptowährung

PREFEITURA E UNIGOYAZES SE UNEM POR PROJETO DE LEVANTAMENTO DO ACERVO BIOLÓGICO DE TRINDADE

9 de junho de 2021 - Meio Ambiente

A Prefeitura de Trindade, por meio da Secretária de Meio Ambiente, firmou, nesta quarta-feira (09/06), nova parceria com o Centro Universitário Goyazes (UniGoyazes) com o objetivo de desenvolver projeto de levantamento do acervo biológico do município. Essa é mais uma iniciativa da Semana do Meio Ambiente.

“Essa grande parceira valoriza a fauna e a flora dos nossos parques, como o Maria Pires Perillo. Para nós é motivo de alegria celebrar essa parceria e, com certeza, quem ganha é a população e o meio ambiente em Trindade”, pontua o prefeito Marden Júnior.

De acordo com o secretário municipal de Meio Ambiente, Roberto Badur, o desenvolvimento de um acervo é de grande necessidade “para traçar um novo perfil da nossa flora e fauna, em um inventário”. O projeto será realizado em grandes parques e nas estações ecológicas de Trindade.

Por meio da parceria com a instituição de ensino, os alunos dos cursos de Ciências Biológicas, Medicina Veterinária, Zootecnia e Agronomia usarão seu conhecimento técnico para fazer o levantamento.

“Com isso, vamos dar mais credibilidade aos dados e, automaticamente, os alunos terão a experiência real da vivencia profissional”, afirma Benigno da Rocha, pró-reitor acadêmico da UniGoyazes. Ele define a iniciativa como “ambiciosa e fantástica” pois, com ela, será possível acompanhar a evolução do meio ambiente no município, a médio e longo prazos.

Para o administrador dos parques e da Estação Ecológica de Trindade, Hélio Pinheiro, ao fazer esse levantamento é possível criar a perspectiva de mais respeito e preservação do meio ambiente.

“A partir do momento em que você conhece o que tem de fauna e flora, essa responsabilidade de respeito aos indivíduos que estão inseridos no meio ambiente torna-se melhor”, conclui Pinheiro.