SETEMBRO AMARELO: PREFEITURA DE TRINDADE MOBILIZA COMUNIDADE

26 de setembro de 2022 - Administração

Ações visam sensibilizar para conscientizar sobre os fatores que levam ao suicídio e divulgar a rede de acolhimento disponibilizada pela Prefeitura. Têm acontecido mobilizações nos Centros de Referência e Assistência Social (Cras) e em escolas. Comunidade é orientada a identificar sinais que podem representar desapego à vida e onde procurar ajuda

A Prefeitura de Trindade vem realizando várias mobilizações a respeito do Setembro Amarelo. Com o tema “A vida é a melhor escolha”, este é o mês Internacional de Prevenção ao Suicídio.

As mobilizações foram organizadas por órgãos como a Secretaria Municipal de Assistência Social e a secretaria Municipal de Saúde

A secretaria de Saúde realizou palestras em vários órgãos e unidades básicas de saúde, no Centro de Saúde Dr Sizenando Campos, no Centro Médico Municipal e na Academia da Saúde.

Já os Centros de Referência e Assistência Social (Cras) da secretaria municipal de Assistência Social estão à frente das palestras e divulgação de contatos da rede de acolhimento que passa pelos próprios Cras, pelas Unidades Básicas de Saúde (UBSs), entre outras estruturas de atendimento.

Nesta segunda-feira (26/09) as assistentes sociais do Cras Marcelo Barbosa foram até o Colégio Estadual Alfa e Ômega, no setor Maysa, e orientaram mais de 340 estudantes.

Além da palestra, houve uma dinâmica usando vendas nos olhos para estimular os alunos a ampliarem a percepção sobre as pessoas do convívio. Mas o momento do abraço, oferecido pelas palestrantes, foi o que mais chamou a atenção, despertando muita emoção entre vários estudantes.  

A coordenadora do Cras, Regina Marta, destacou que estas mobilizações se concentram em “cuidar da vida”. Segundo ela, as palestras visam justamente “fornecer informação sobre os cuidados com a vida para o público adolescente e jovem”, público, destaca a coordenadora, que se tornou prioridade diante do crescimento de casos de suicídio nessas faixas etárias.

O diretor do Colégio Alfa e Ômega, Ahmad Nagib, classificou a mobilização sobre a prevenção ao suicídio como um trabalho fundamental. “Temos o público, mas não temos a mesma preparação que o pessoal do Cras possui para tratar desse assunto”, argumentou.

Depois de mobilizar os estudantes na manhã desta segunda, ele se prepara para outro evento do Setembro Amarelo na quinta-feira (29/09) buscando reunir mais de 500 alunos do período vespertino do colégio. “Sempre colhemos bons frutos com parcerias com o Cras e a Prefeitura”, declarou o diretor.

Aluno do 3º ano do colégio, Igor Marcos Ferreira aprovou o que escutou hoje. "Muitos precisavam dessas palavras, desse toque, de um abraço, então sinto que foi realmente importante", definiu ele.

Durante outra palestra da agenda, ocorrida na semana passada, Ana Paula, da equipe de psicólogas da Prefeitura, enfatizou que o grande legado do Setembro Amarelo é desmitificar, “derrubar todos os tabus sobre o suicídio, um tema sobre o qual precisamos falar, porque só conversando com as pessoas vamos conseguir ofertar ajuda, ofertar lugares que dão a possibilidade de um desejo maior de viver”.

Desta forma, junto com outras especialistas, como as assistentes sociais da Secretaria, a equipe envolvida vem utilizando as mobilizações para divulgar a rede de apoio existente em Trindade, iniciando pelos Cras (veja onde ficam no final do texto). Também ajudam os participantes a identificarem sentimentos suicidas nas pessoas de convívio, para que possam ajudar, “sem julgar o outro”, observa Ana Paula.

A coordenadora dos Cras Pai Eterno, Ariane Leite, também se envolveu na conscientização sobre a prevenção ao suicídio junto à comunidade que elas assistem, colocando as unidades de portas abertas para abordar o assunto e apresentar a rede de acolhimento.

Ela lembra que a escolha da cor amarela remete “ao sol, à luz que tira as pessoas da escuridão e mostra caminhos que não o autoextermínio”.

Magali Taveira, moradora da Vila Pai Eterno, assistiu uma das palestras. “As pessoas pouco falam sobre suicídio, então assistir às palestras ajuda a lidar com as pessoas e seus sentimentos. Aprendi muito”, comentou ela, que sentia necessidade de saber mais sobre o tema por ter histórico de suicídios na família materna.

Na quinta-feira (29/09) haverá mobilização também no Cras Laguna a respeito do Setembro Amarelo.

Veja onde ficam os Cras de Trindade:

 

Cras Vila Pai Eterno

Endereço: Rua 50, nº 479, Quadra 180, Lote 05, Setor Pai Eterno

Telefone: 62 3506-2783

Horário de Funcionamento: Segunda a Sexta das 07h30 às 12hs e das 13h30 às 17hs

Cras Laguna

Endereço: Rua 1014, Quadra 017, Área Pública, Laguna Park

Telefone: 62 3505-5073

Horário de Funcionamento: Segunda a Sexta das 07h30 às 12hs e das 13h30 às 17hs

Cras Marcelo Barbosa

Endereço: Rua Professor Carlos Dayrell, lt 32, qd 10, Setor Cristina,

Telefone 3294-1033

Horário de Funcionamento: Segunda a Sexta das 07h30 às 17hs